Filiado à CUT e CNTE
Buscar

Rede Estadual : Folha de Pagamento não está entre as prioridades do governo Taques


Folha de Pagamento não está entre as prioridades do governo Taques

O Fórum Sindical dos Servidores do Poder Executivo cobrou do Secretário de Fazenda esclarecimentos sobre o atraso salarial, em uma investida surpresa ao órgão. Na ocasião, pressionaram e insistiram para obter informações sobre recursos que existiam em caixa, suficientes para quitar as folhas de pagamentos restantes, os quais o governo não o fez por mera discricionariedade ou livre escolha. 

Para os integrantes do Fórum, o governo desrespeitou os servidores por duas vezes. Primeiro quando proposto um calendário de escalonamento dos salários e em seguida quando descumpre o próprio calendário proposto.  


Durante a reunião o secretário confirmou existir mais de R$140 milhões em caixa,  mas que estariam comprometidos com outros débitos do governo, entre os quais citou dívida pública oriunda da copa do mundo (VLT, Arena e outros) sendo estes prioridade ante o pagamento de salários.


O secretário afirmou que os servidores deverão desconsiderar o escalonamento proposto, e jogou o débito com o restante da folha de pagamento para 21 de dezembro. E ainda apresentou a condicionalidade de quitar a folha, se estado receber o FEX (Fundo de Exportação) do Governo Federal.


“Mais uma vez ficou claro que o Governo do estado não priorizou a folha de pagamento dos salários dos servidores. Mais uma vez, outras despesas são a desculpa para atrasar salários, agora em pleno dezembro, mês de festas natalinas onde aumenta o consumo no comércio”, afirmaram os representantes do Fórum. 


A orientação dos representantes do Fórum é para que as categorias de servidores públicos se unam as convocações e deliberações de seus sindicatos, pois só assim, juntos, farão a resistência. “Nossos salários são nosso único meio de sobrevivência. Não podemos permitir que o estado barganhe esse direito universal”, concluíram.

 

Assessoria/Sintep-MT