Filiado à CUT e CNTE
Buscar

MARCHA ESTADUAL EM DEFESA E PROMOÇÃO DA ESCOLA PÚBLICA


Marcha Estadual em Defesa e Promoção da Escola Pública

Nos dias 22 e 23 de outubro, os educadores da rede pública de ensino de Mato Grosso estão convocados para integrar a “Marcha Estadual em Defesa e Promoção da Escola Pública e por Nenhum Direito a Menos”. Serão dois dias de paralisação das atividades, iniciada com o Ato Público em frente à Assembleia Legislativa, seguido por acampamento e panfletagem. No dia 23, sexta-feira, os trabalhadores/as da educação sairão na Grande Marcha em direção ao Centro Político e Administrativo.

O objetivo é denunciar e exigir dos governos compromisso com a educação em Defesa e Promoção da Escola Pública, sob o lema “NENHUM DIREITO A MENOS”. A mobilização é um marco no protesto dos educadores em 2015, que tiveram a quebra de direitos promovida pelos governos municipais e estadual. Nos municípios o desafio é o cumprimento da Lei Federal 11.738/2008 (Piso Salarial) e a garantia da carreira única. No Estado, o desrespeito maior vem na forma de parcelamento da reposição da inflação fragmentando a conquista da Lei 510/2013, além de outros pontos.

As atitudes apresentadas pelos governos, em especial o Estadual, preocupam pela falta de opção por uma Educação, Pública, Laica, Gratuita e de Qualidade Social, e a não valorização dos/as educadores/as e dos/as servidores/as públicos/as em geral.

Discussão na base

A mobilização foi iniciada em setembro em todos os municípios de Mato Grosso, com debates entre 14 a 24.09 nas escolas, para elaboração sobre o que esperam para a educação pública e qual escola querem ver funcionando no Estado. Todo o debate culminou com a paralisação de um dia (25.09) e a unificação dos documentos produzidos pelas redes estadual e municipais destacando qual a escola desejam ver funcionando.  

“A Marcha será a reafirmação e disposição de luta na defesa dos direitos da população e dos/as trabalhadores/as da educação. A mobilização reunirá para além dos profissionais das escolas, reunindo representantes dos movimentos sociais e de classe, pois a educação deve ser feita coletivamente”, destaca o presidente do Sintep-MT Henrique Lopes do Nascimento.


Programação

Dia 22/10 às 08horas – Ato Público na Assembleia Legislativa com visita dos/as representantes das regionais aos gabinetes dos/da deputados/a;
?    Dia 22/10 a partir das 12horas – Instalação oficial do Acampamento em Frente à Praça Ulisses Guimarães, paralelo ao TRT, na avenida do CPA e saída para panfletagem nas ruas de Cuiabá. No período noturno, vigília e atividades culturais no acampamento; 
?   Dia 23/10 às 09 horas – Grande Marcha com saída do acampamento em direção ao Centro Político e Administrativo